blog

TRANSFORMANDO PROBLEMAS EM SOLUÇÃO – Nada é lixo, tudo pode ser reciclado!

A ideia de que tudo o que produzimos pode voltar para a produção em vez de virar lixo, ganhou o nome de economia circular. Nesse conceito, nada é desperdiçado – todos os produtos devem passar por reciclagem e transformação. Nos últimos anos esse conceito inovador ganhou adeptos. A velejadora britânica Hellen MacArthur, que circum-navegou o mundo sem produzir lixo, foi quem criou o conceito de “economia circular” e também uma fundação ellenmacarthurfoundation.org, para promover a ideia.

Muitas empresas têm aderido ao modelo por uma questão de necessidade, pois se continuarmos com o antigo modelo, em algumas décadas os recursos minerais e matérias-primas ficarão mais escassos e caros. Este conceito de economia circular se opõe ao processo linear, ele é baseado na inteligência da natureza, onde os resíduos são insumos para a produção de novos produtos. No meio ambiente por exemplo, resto de frutas consumidas por animais se decompõem e viram adubo para plantas. Esse conceito também é chamado de “cradle to cradle” (do berço ao berço), onde não existe a ideia de resíduo, e tudo é continuamente nutriente para um novo ciclo.

Transportando esta dimensão para a indústria de produtos, a cadeia produtiva é repensada para que aparas plásticas de embalagens por exemplo, pudessem ser reprocessadas e reintegradas à cadeia de produção como outros objetos reciclados (vasos de plantas, baldes, paletes, cabides, lixeiras entre tantos outros objetos).

A economia circular é a ciência que repensa as práticas econômicas e de certa forma vai além dos famosos três “R”s – reduzir, reutilizar e reciclar, ela tende a ser uma tendência onde os consumidores passam a valorizar mais empresas sustentáveis. Isso já ocorre em alguns pontos da Política Nacional dos Resíduos Sólidos.

Com base neste conceito a KWM vem desenvolvendo projetos personalizados de economia circular, para seus clientes da indústria, apostando no terceiro “R” de reciclar. O resíduo gerado pelo cliente que contrata este projeto, é coletado pela KWM, reciclado pela Plaskaper -plaskaper.com.br e transformando em matéria prima para ser utilizado na composição de vários produtos.

Hoje é possível encontrar no site kwm.eco.br/projetos-sustentáveis, algumas ideias de produtos reciclados que podem voltar para empresa como brinde para presentear clientes ou até mesmo objetos para uso da própria indústria.

Empresas CNH Industrial e Leax Group e Bemis, já utilizaram produtos transformados, resultado dos projetos sustentáveis aplicados pela KWM.

KWM e Plaskaper são empresas do Grupo Kapersul, a primeira voltada para Gestão de Resíduos e a segunda para Reciclagem.